874

   

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Único meia-armador de origem no elenco, argentino Alan Ruiz pede passagem no time do Grêmio

Não é de hoje que o Grêmio sofre com a ausência de criatividade no meio-campo. A falta de meia que pense as jogadas e determine o ritmo da equipe é pauta constante no tricolor. Sem essa figura, é comum o uso de três volantes no meio-campo ou improvisações no setor. Mesmo assim, Alan Ruiz, o único jogador com características de um meia-armador clássico, nunca teve uma sequência de jogos no clube, apesar das respostas positivas. A verdade é que já passou da hora do argentino se firmar entre os titulares do Grêmio, ainda mais depois da atuação destacada e dos gols marcados no clássico Grenal.

Alan Ruiz não é um grande marcador e às vezes peca pela falta movimentação. Porém, compensa essas deficiências com técnica e criatividade. Além do mais, ele é canhoto, protege bem a bola e “chama faltas” em momentos delicados do jogo. Abdicar de ter um jogador no time com essas características é uma medida pouco inteligente, principalmente quando você tem jogadores velozes como Dudu, Luan e Fernandinho para acionar.

Alan Ruiz tem apenas 21 anos e não se pode afirmar que ele será o meia-armador que dará a qualidade que o Grêmio precisa. Porém, com o grupo atual do Grêmio, Felipão não pode deixá-lo no banco de reservas assistindo os três volantes em campo. Vamos ver se os poucos e produtivos minutos de atuação na goleada por 4x1 sobre o maior rival darão mais chances ao argentino. Vale lembrar que Alan está emprestado pelo San Lorenzo ao Grêmio somente até o fim do ano. O valor de compra dos direitos econômicos do argentino deverá ficar em torno dos 15 milhões de reais. 

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio