874

   

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Abre a mão, Wenger! Ainda sem grandes reforços, Arsenal deve ficar fora da briga por títulos mais uma vez

Abre a mão, Wenger!
Faltando pouco tempo para o fechamento da janela de transferências no futebol europeu, o Arsenal mais uma vez é a grande decepção. Sem ganhar nenhum título nos últimos 8 anos e realizando campanhas medíocres, o clube treinado pelo francês Arsène Wenger praticamente não se reforçou em relação a última temporada. Com um grupo inferior aos seus rivais ingleses, os Gunners não têm motivos para se animar.

Ao final da última temporada, o Arsenal anunciou que se reforçaria para as próximas competições. A notícia animou os torcedores e inúmeras especulações foram ventiladas. Porém, até afora, nenhuma delas foi concretizadas.O argentino Higuaín acabou parando no Napoli e Falcão Garcia no Monaco. Luis Suárez não deve ser liberado pelo Liverpool e nem Fábregas pelo Barcelona. Até mesmo o brasileiro Bernard, que já havia manifestado interesse em se transferir para o clube inglês, acabou parando no Shakhtar Donetsk. Com relação à Rooney, além da dificuldade de negociar com o Manchester United, o Arsenal terá concorrência do Chelsea, o que deve complicar o negócio.

Na Inglaterra, os treinadores são managers. Ou seja, recebem uma verba específica para escolher os jogadores que desejam adquirir. Como já é conhecido por todos, Arsène Wenger um grande “pão duro”. Costuma contratar jogadores desconhecidos e jovens, exatamente para não gastar muito. Porém, essa estratégia não vem dando certo nos últimos anos. Garimpar jovens talentos é complicado. Além disso, os resultados demoram um tempo maior para aparecer. Certamente o mais estranho é o que o Arsenal ganhou bastante dinheiro com diversas vendas milionárias (Fábregas, Nasri, Cole, Van Persie, Clichy, Song... dentre outros), sem a reposição na mesma qualidade. Resultado: um enfraquecimento do time e péssimos resultados.

Ainda faltam alguns dias para o fim da janela, porém, sinceramente, não imagino que chegará um jogador top ao time do Arsenal. Tá certo que o mercado do futebol inflacionou. Mas, clube não é banco. A torcida não quer saber de dinheiro e sim de títulos. E, com o elenco atual, eles devem passar bem longe do Emirates Stadium

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio