terça-feira, 28 de maio de 2013

Os 10 desafios que Neymar terá que enfrentar no Barcelona

Enfim, depois de muito namoro, Neymar confirmou que é o novo jogador do Barcelona. A história não poderia ter um final diferente. O clube espanhol queria o craque brasileiro. O sonho do prodígio era atuar no time da Catalunha. Os valores da negociação ficaram em torno de 35 milhões de Euros. É menos do que se imaginava. Porém, com pouco mais de um ano de contrato com Santos, a transação teve uma bela quantia. Proporcional à expectativa que os torcedores do Barcelona possuem em relação à Neymar. Aliás, o jovem terá diversos e difíceis desafios na nova casa. Separei aqui DEZ deles que a maior revelação do futebol brasileiro dos últimos anos encontrará pela frente. Vamos a eles:

1 – A comparação com Messi: Será inevitável. E, essa é justamente a mais cruel que Neymar enfrentará. O argentino é disparado o melhor jogador do mundo. Não será nada fácil atuar na mesma média que o atual camisa 10 do time.

2 – O Rótulo de “cai, cai”: Na Europa, Neymar tem uma imagem de jogador que se joga demais. O craque terá de aprender a ficar em pé e suportar os choques com os zagueiros adversários. No velho continente não se marca tantas faltas como no Brasil.

3 – Jogar coletivamente: No Santos, o camisa 11 era disparado o craque do time. Tinha autonomia para driblar , fazer jogadas individuais e tentar algo diferente. Muitas vezes exagerava. Era “fominha”. No Barcelona o jogo coletivo é o ponto alto. Ele vai precisar se adaptar ao jogo da equipe.

4 – Ajudar na marcação: Neymar provavelmente jogará aberto pelo lado esquerdo. Aliás, essa é exatamente a faixa de campo em que gosta de jogar. Ocupará o lugar de David Villa, que deve ser negociado. Será inevitável que, além de atacar, ele acompanhe as subidas do lateral direito adversário, ou pelo menos ajude a recompor quando o adversário estiver com a bola. No Santos, não tinha tarefas defensivas.

5 – Aprender a ser “mais um”: No Brasil ele era rei. Agora, Neymar terá que ganhar o seu espaço no Barcelona. O time é cheio de estrelas, já com muita história no clube. Ele precisará ter humildade e conquistar o seu próprio lugar de destaque.

6 – A expectativa da torcida: A expectativa da torcida do Barcelona é absurda. Eles esperam ver aquele jogador que fazia gols de placa com frequência no Santos e era a grande estrela do nosso futebol. Sem falar que o clube já tem um histórico de grandes jogadores brasileiro que brilharam no Camp Nou. Romário, Ronaldo Fenômeno, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho marcaram a sua trajetória no Barça, jogando muito!

7 – Administrar a vida fora de campo: Já faz algum tempo que Neymar vem tendo uma vida bastante movimentada fora de campo. Namoro com atriz global, comerciais, ator de novela, garoto propaganda da Copa do Mundo. Com todas essas atividades é difícil render bem. Tira o seu foco do seu objetivo principal: Jogar bola!

8- As Convocações para a Seleção Brasileira: Neymar terá uma agenda bem recheada daqui para frente. Copa das Confederações, amistoso, fase de preparação para a Copa. Ele precisaria o máximo de tempo junto com os companheiros para conseguir entrosamento e adaptar-se ao time. Isso não será possível.

9 – A reformulação do Barcelona: Vale lembrar que o clube catalão acabou a temporada sendo massacrado pelo Bayer de Munique. A máquina de jogar futebol precisa de vários ajustes. Neymar, inclusive, foi contratado para fazer parte dessa reformulação. Messi e Cia já não formam o melhor time da Europa. O clube também deve realizar outras trocas no elenco. Pode demorar um pouco para engrenar.

10 – A falta de comando no banco de reservas: Provavelmente o Barcelona permanecerá com o mesmo treinador. O comandante da equipe é Tito Vilanova, que era o auxiliar técnico de Guardiola. Ele luta contra um Câncer e constantemente é obrigado a se ausentar por motivos médicos. Desta forma, em diversas oportunidades, será Jordi Roura, “braço direito” de Tito, que comandará o time. Na última temporada isso afetou bastante o elenco, que caiu de rendimento após a ausente do treinador principal.

Neymar tem novos e grandes desafios pela frente. Que ele possui um grande talento, todos nós sabemos. Vamos ver se o craque consegue administrar todos esses fatores e se torna um dos grandes do futebol também na Europa. Eu torço, de verdade, que ele não se torne o próximo Robinho. Neymar pode ir bem mais longe. Só depende dele.

0 comentários:

Postar um comentário