874

   

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Manchester United tira Juan Mata do Chelsea por 45 milhões de euros. O espanhol vale isso tudo?

O Manchester United surpreendeu a todos com a fortuna paga pelo espanhol Juan Mata no fim da janela de inverno na Europa. Com campanha bem abaixo do normal no Campeonato Inglês, o treinador David Moyes abriu o bolso e trouxe o meio-campista do Chelsea por 45 milhões de euros. Dessa forma, Mata passa a ser o jogador mais caro da história do United

A quantia chamou atenção no mundo da bola, principalmente por Mata não ser um dos jogadores tops no futebol europeu. Longe disso. Embora tenha sido peça importante na conquista da Champions League pelos blues na temporada 2011/2012, Mata não caiu nas graças de José Mourinho, que optava por escalar Oscar, Hazard, Willian, Matic ou qualquer outro do elenco no lugar do espanhol. Aliás, na própria Seleção espanhola o jogador alterna entre titulares e reservas, não sendo uma unanimidade.

Com a aposentadoria de Scholes e Giggs em fim de carreira, o United perdeu muito da sua capacidade criativa no meio-campo. Anderson e Carrick não conseguiram dar uma resposta positiva e Cleverley decaiu do ano passado para cá. O próprio Rooney foi deslocado para atuar mais atrás, fato esse que irritou o camisa 10 e quase ocasionou a sua saída do clube. Valência, Nani, Young e Januzaj atuam mais pelas pontas, deixando a faixa central carente. A contratação de um jogador de criação era imprescindível. Ozil, que foi para o Arsenal, chegou a ser especulado no início da temporada, mas a negociação não evoluiu.

O fato é que os Diabos Vermelhos gastaram muito em um jogador que não é a 8ª maravilha do mundo, embora seja, sem dúvida, um bom meio-campo. Tudo isso pelo desespero do atual manager, que ainda não conseguiu dar prosseguimento ao trabalho exitoso de Alex Ferguson. Moyes apostou alto e é bom que o jogador apresente uma resposta positiva a curto prazo, pois a água já está batendo no pescoço do treinador. 

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio