quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Schweinsteiger e Yaya Touré vivem ostracismo em Manchester

Por: Eduardo Miranda 29/09/2016

Schweinsteiger e Yaya Touré, dois dos principais meio-campistas no mundo da última década, vivem constrangedor ostracismo na cidade de Manchester, na Inglaterra. Ambos passaram a ser opção remotas de aproveitamento por seus respectivos treinadores e estão em possíveis listas de transferências na próxima janela europeia.

O alemão Bastian Schweinsteiger (32 anos) parece estar completamente fora dos planos de José Mourinho. O treinador, inclusive, rebaixou o atleta para o time sub-21, mostrando sua indiferença para com o jogador. Schweinsteiger chegou ao Manchester United a pedido de Louis van Gaal na temporada passada e não emplacou. As constantes lesões dos tempos de Bayern de Munique continuaram, impedindo sua sequência.

Yaya Touré (33 anos) é outro que não conta com a simpatia de seu treinador. Pep Guardiola, atual comandante do Manchester City, escalou o marfinense para apenas uma partida na temporada. Aliás, eles já haviam trabalhado juntos no Barcelona e o espanhol liberou Yaya para ser negociado. Na época, a preferência era pelo jovem Sergio Busquets. Para pior as coisas, o agente do jogador fez duras criticas ao técnico, praticamente inviabilizando sua permanência no clube.

Perto do fim de suas carreiras, a dupla deverá respirar novos ares na janela de janeiro. O destino de Schweinsteiger pode ser a liga americana, embora o retorno para o Bayern não esteja descartado. Por sua vez, Yaya Touré é pretendido pela na Inter de Milão. E aí, algum deles teria lugar no seu time?

0 comentários:

Postar um comentário