874

   

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Jürgen Klopp passa longe de ser 'um cara normal', mas não fará milagres no Liverpool

"Um cara normal", foi assim que Jürgen Klopp se autodefiniu ao assumir o comando do Liverpool. A declaração foi uma brincadeira feita em oposição à famosa frase dita por José Mourinho ao ingressar na Premier League. Em 2004, o treinador chegava ao Chelsea dizendo ser "um cara especial" (The  Special One). Talentoso e carismático, o técnico alemão deve chamar atenção pelas coletivas bem-humoradas e na montagem de um Reds mais competitivo.

Jürgen Klopp foi o grande mentor do Borussia Dortmund que viria ser bicampeão alemão e vice da UEFA Champions League após um longo jejum de títulos. Com pouco dinheiro em caixa, o treinador usou a criatividade e jogadores da base para formar um dos melhores times dos últimos anos. O clube alemão conseguiu rivalizar em condições de igualdade com os gigantes da Europa jogando um futebol veloz e ofensivo, pressionando o adversário no seu próprio campo.

A situação atual do Liverpool não é tão diferente daquela que Klopp encontrou no Borussia Dortmund. Clubes de tradição, com torcidas fanáticas e um jejum de conquistas importantes. Mesmo assim, o treinador alemão já fez questão de retirar sobre seus ombros o rótulo de milagreiro. O Liverpool perdeu jogadores importantes nas últimas temporadas (Suárez, Gerrard, Sterling) e possui um elenco bem inferior aos adversários nacionais. 
Dificilmente veremos uma melhora radical do time no curto espaço de tempo, capaz de fazer o clube conquistar o Campeonato Inglês, algo que não acontece desde 1980. Uma vaga para a próxima Champions League já seria motivo para comemorar.

O Contrato de Klopp com o Liverpool terá duração de 3 anos, tempo suficiente para o alemão mostrar que não é um "técnico normal". Aliás, pelo salário anual, cerca de 7 milhões de euros, isso parece ser bem evidente. De qualquer forma, a Premier League ganha mais uma atração à beira do gramado e também aos microfones.

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio