sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Subestimado pelo Inter e valorizado no Santos, Lucas Lima chega à seleção Brasileira

Melhor meia-armador em atividade no futebol brasileiro, Lucas Lima recebe a sua primeira convocação para a Seleção Brasileira. Aliás, desde a temporada passada o meia justifica o investimento feito pelo grupo Doyen Sports. No início de 2014, os investidores pagaram cerca de 2,5 milhões de dólares ao Internacional para colocar o jogador no Santos. Um ano e meio depois, a promessa se tornou o grande destaque da Vila Belmiro e chega à Seleção como o principal Camisa 10 em atividade no Brasil.

O Inter não teve muita paciência com Lucas. Após atuar poucas partidas pelo clube gaúcho em 2012, o canhoto foi emprestado para o Sport, onde teve atuação destacada na Série B, em 2013. Mesmo assim, o colorado preferiu se "desfazer" do meia por um preço relativamente baixo. Um claro erro de avaliação, tal como aconteceu com Ricardo Goulart, dois anos antes. O Porto já demonstrou interesse no jogador, acenando com uma proposta na casa dos R$ 30 milhões. O Santos terá direito a apenas 10% em uma possível negociação.

Capaz de colocar os companheiros na cara do gol, Lucas Lima possui grande habilidade com a perna esquerda, típica do tradicional camisa 10. Porém, o que diferencia o jogador do Santos dos demais meias-armadores (Ganso, Jádson, Douglas...) é a velocidade. Sua constante movimentação, aliada a técnica apurada, permite uma constante participação no jogo, essencial ao futebol moderno. Se a camisa amarelinha não pesar, Dunga pode ganhar uma opção de qualidade no meio-campo. 

0 comentários:

Postar um comentário