874

   

terça-feira, 21 de julho de 2015

Volante Técnico e bom passador, Rafael Carioca é o diferencial do meio-campo do Atlético Mineiro

Forte candidato ao título do Brasileirão 2015, o Atlético Mineiro apresenta um grande diferencial no seu estilo de jogo. Contrariando aqueles que preferem volantes fortes e marcadores, Rafael Carioca abre o meio-campo do Galo com passes perfeitos e uma técnica incomum na comparação com os demais jogadores dessa posição. Aliás, após suas belas atuações, o jogador praticamente "obrigou" os mineiros a comprar 50% dos seus direitos econômicos junto ao Spartak de Moscou.

Na prática, Rafael Carioca é muito mais um armador da equipe treinada por Levir Culpi do que um protetor da zaga. Na comparação com Josué e Pierre, antigos titulares do time, a saída de bola da defesa para o ataque ficou mais rápida e qualificada. Além disso, os homens de frente já não precisam recuar tanto para receber a bola dos defensores.  Após as saídas de Ronaldinho e Diego Tardelli, seria fundamental que alguém auxiliasse nas construções de jogadas.

Desde os tempos de Grêmio, Rafael Carioca já se destacava pela técnica. Após sua passagem pelo futebol europeu, o jogador parece ter melhorado taticamente também. Aos 26 anos, o volante bem que poderia receber uma chance na Seleção Brasileira. Com a ausência de um camisa 10 fora de série é imprescindível que os volantes tenham qualidade para armar o time canarinho. A era dos brucutus à frente da zaga foi extinta. Os alemães nos mostraram isso na Copa passada da forma mais cruel possível com Kroos e Schweinsteiger

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio