874

   

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Longe das lesões no joelho, Keirrison tenta voltar a brilhar no Coritiba

Após uma série interminável de lesões no joelho, Keirrison começa a temporada 2014 buscando a titularidade no Coritiba e a boa fase de longos anos atrás. Quando surgiu como uma das grandes revelações do futebol brasileiro em 2008/2009, justamente no Coxa, o centroavante chegou a se transferir para o Barcelona da Espanha por R$ 40 milhões. Entretanto, uma serie de graves lesões no joelho afastou o jogador do protagonismo que se esperava dele no início da carreira. Nos últimos 5 anos o artilheiro pulou de time em time, desvalorizou-se e passou a maior parte do tempo frequentando o departamento médico. Esse ano o jogador escreverá uma história diferente?


Longe de ser a máquina de fazer gols que foi entre 2006 e 2009 (quase 100 marcados), Keirrison inicia o ano tentando buscar afirmação no Coritiba. Para isso, o atacante terá uma forte concorrência. David, Geraldo, Júlio César e o recém contratado, Zé Eduardo, estão entre os postulantes à titularidade no clube paranaense. A grande verdade é que Keirrison virou uma aposta. Nada garante que seu joelho está totalmente recuperado ou que ele vá deslanchar novamente. Ídolo da torcida, pelo menos o jogador tem o apoio e o carinho dos fãs nesse desafio.

O Coritba iniciou o campeonato estadual atuando com o seu time reserva e Keirrison vem ganhando oportunidades na equipe para ganhar ritmo de jogo. Após passar sem nenhum sucesso por Barcelona (não chegou a disputar nenhuma partida pelo clube espanhol), Benfica-POR, Fiorentina-ITA, Santos e Cruzeiro e até mesmo cogitar a aposentadoria dos gramados devido as seguidas lesões, essa temporada deverá ser decisiva para a carreira do atacante. Em 5 jogos como titular, ele ainda não balançou as redes.

Se Keirrison não foi aquele craque que todos esperavam, certamente ele ainda pode ser importante para o Coxa. O próprio gol marcado contra o Cruzeiro no fim do Brasileirão 2013 mostrou isso. Com 25 anos, talvez essa seja a última grande oportunidade do jogador para atuar em alto nível. Nada melhor que estar em casa para tentar recuperar um pouco do faro artilheiro de 2008, ano em que ele se tornou o maior goleador do Brasil, anotando 41 gols

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio