quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Apesar da boa fase e do clamor popular, Tévez deve ficar fora da Copa do Mundo

Faltando menos de 6 meses para o início da Copa do Mundo no Brasil, o clamor popular pela convocação de Tévez continua firme e forte na Argentina. O ex-craque do Corinthians é ídolo da torcida do Boca Juniors e, considerados por muitos, mais imprescindível que Lionel Messi. Além de ser um grande jogador, Carlitos tem é conhecido por encarnar o espírito guerreiro característico dos jogadores hermanos quando está dentro de campo.

Tévez não teve mais oportunidades na seleção argentina após a fraca campanha realizada pelo país na Copa América de 2011. Existem rumores que o jogador havia discutido com o treinador Sabella e outros integrantes do time (Messi, inclusive). O próprio Tévez revelou em entrevista ao "Diário Olé" que mesmo marcando 130 gols não seria mais convocado. Embora esteja em grande fase na Juventus, Tévez não tem a simpatia do comandante argentino, que vem optando por Messi, Aguero, Higuaín, Lavezzi, Palacio e Di Maria. O presidente da AFA, Júlio Grondona, em reunião com Sabella, chegou a comentar a questão envolvendo o atacante. Entretando, o treinador não parece ter se sensibilizado com o fato.

Ás vésperas da convocação para os últimos amistosos, o nome de Tévez não deve constar na lista, ao menos que algum dos atacantes esteja machucado. De qualquer forma, a pressão popular deve ir até os últimos momentos. Algo semelhante ao fato vivido por Felipão em 2002, quando Scolari acabou não levando Romário. Caso Sabella realmente não convoque Carlitos para o mundial, é bom que ele retorne campeão. Seria a única forma de "calar" o pedido dos argentinos.

0 comentários:

Postar um comentário