terça-feira, 10 de setembro de 2013

Cômico ou trágico? Massagista invade o campo, salva gol e classifica o time na série D!

A incrível história do massagista que invade o campo, salva o gol e classifica o time na série d

O último final de semana apresentou um lance que certamente entra para os momentos mais bizarros da história do futebol brasileiro. Eram jogados quase 45 minutos do 2º tempo da partida entre o Tupi e Aparecidense, valido pelas oitavas de final da série D. O empate em 2 x 2 estava classificando o time goiano, quando Ademílson, do Tupi, chutou para o gol vazio. Eis que surge o massagista "fanfarrão" Esquerdinha (Romildo Fonseca da Silva) do Aparecidense para salvar o gol duas vezes em cima da linha. Ao melhor estilo Gamarra, Esquerdinha impediu o gol do Tupi e saiu correndo de campo em direção ao vestiário, quando já era perseguido por Deus e o mundo. Por estar vestido de branco (a mesma cor do time goiano), muitos tiveram a impressão que a bola havia sido tirada por um zagueiro adversário, tornando o lance ainda mais confuso.

Não dá pra negar que o lance foi engraçado. O massagista entrando de fininho para salvar a equipe de forma espetacular no último minuto de jogo e ainda por cima classificando o time para a próxima fase (como não fazia parte do jogo, o lance acabou sendo invalidado pelo juiz). Mesmo após toda a revolta da equipe e da torcida do Tupi, quem saiu de campo com a vaga foi o Aparecidense, que acabou segurando o empate nos minutos finais do jogo.

Tirando o lado cômico da jogada, não dá pra negar a gravidade do acontecido. O resultado do jogo foi alterado e a competição comprometida por interferência de alguém que não estava participando da partida. O pior de tudo é que a CBF ainda se manifestou oficialmente sobre o fato e, por enquanto, o resultado esta mantido. A Confederação Brasileira de Futebol não pode ignorar o fato e deixar a situação como está. Algo tem que ser feito e alguém precisa ser punido. Além de o incidente configurar uma grande “trapaça”, se nada for feito, teremos um precedente muito perigoso. Afinal, se o seu time estiver ganhando, é só deixar alguém perto da trave para salvar um possível gol adversário. Algo surreal!

Agora, resta aguardar qual será o desfecho do polêmico caso. Até lá o acontecido ainda dará muito “pano para a manga”. De qualquer forma, ainda não consigo para de ver o vídeo do lance e dar boas risadas. Afinal, não é todo dia que um massagista cara de pau encarna o Beckenbauer e salva o time. O lance foi trágico. Mas, não deixa de ser cômico. Segue abaixo o vídeo antológico!

0 comentários:

Postar um comentário