874

   

terça-feira, 13 de agosto de 2013

"Gordinho Artilheiro"! Mesmo acima do peso, Walter é o goleador do Goiás no Brasileirão

Walter, o "gordinho artilheiro"!
Um jogador em especial vem causando bastante curiosidade neste Brasileirão. Com 1,78m e aproximadamente 95 Kg, Walter, artilheiro do Goiás com 4 gols, é de longe o jogador mais “gordinho” da competição. Aliás, o que causa maior estranheza é o fato do jogador ainda ter um bom desempenho mesmo estando com um índice de gordura corporal tão alto. Se no futebol atual um jogador só consegue um bom rendimento estando em ótima forma física, o camisa 9 do clube goiano é a exceção que confirma a regra.

Me lembro bem do começo da carreira de Walter, quando atuava nas categorias de Base do São José e no Internacional. Desde garoto que ele apresentava uma facilidade enorme para marcar gols e adquirir peso. Porém, a forma atual do jogador já está passando dos limites aceitáveis. Além de virar motivo de piadas, Walter pode jogar fora todo o talento que tem. Ele é um dos melhores finalizadores em atividade no futebol brasileiro e sabe como poucos utilizar o corpo em cima dos zagueiros. Obviamente que a agilidade não é o seu forte.

Walter foi o goleador da Seleção Brasileira Sub-20 na conquista do Sul-americano da categoria, em 2009. Em 2010 era titular do Inter na Libertadores e inclusive fez o gol que classificou o time para as quartas de final do torneio. Porém, uma briga com a direção e a comissão técnica acabou afastando Walter do grupo principal. Na época, ele estava na frente de Leandro Damião e certamente poderia ter alcançado um destaque maior. Mesmo assim, foi vendido para o Porto. Com poucas oportunidades, acabou voltando ao Brasil emprestado para atuar no Cruzeiro, onde também não conseguiu jogar. Enfim, no Goiás, o artilheiro voltou a se destacar, marcando 16 gols na série B em 2012 e sendo um dos goleadores do estadual em 2013.

Agora no Brasileirão, os belos gols e a forma física bizarra voltaram a colocar Walter em evidência. Com 24 anos de idade e grande talento, o centroavante do Goiás terá de vencer o seu adversário mais cruel: a balança. Provavelmente ele nunca chegue ao peso ideal. Porém, os preparadores físicos estão tentando colocar o jogador pelo menos em um estado “aceitável” para jogar futebol em alto nível. Olha, eu já vi jogador ser prejudicado por lesões, envolvimento com bebidas, drogas, mulheres, traficantes, empresários... agora, por Big Mac e Coca-Cola é a primeira vez! Boa dieta, Walter! 

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio