874

   

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Forte, vingador e favorito: Atlético Mineiro é o melhor time das Américas em 2013


Mantendo a base forte do ano passado e ainda acrescendo alguns reforços, o Atlético Mineiro vem sobrando em 2013. Seguro na defesa e atacando em alta velocidade, o Galo está um degrau acima dos demais times. Massacrou o são Paulo no Estádio Independência por 4x1, mostrando que é bastante superior aos paulistas.

Muitos duvidavam que Cuca pudesse armar uma equipe competitiva com quatro jogadores ofensivos no mesmo time. Estavam enganados. O treinador conseguiu dar consistência ao Galo, colocando dois volantes de marcação na frente da zaga e deslocando Richarlyson para a lateral esquerda. Além disso, Bernard e Tardelli também ajudam a recompor o meio, acompanhando os laterais adversários. O time está muito ajustado e com “fome” de títulos.

Tardelli caiu como uma luva no time atleticano. O jogador também possui a capacidade de recuar e auxiliar na armação das jogadas, evitando que Ronaldinho fique sobrecarregado. Aliás, o gaúcho voltou a jogar o fino da bola. Em forma e com vontade, ainda é um jogador acima da média, capaz de desequilibrar. Mesmo com uma Copa Libertadores muito igual, é impossível não apontar o Atlético como favorito. Em um time bem ajustado, até os jogadores medianos se tornam excelentes. Vide Jô, que pouco fazia no Internacional. Agora é um dos protagonistas.

É cedo para dizer que o Galo será Campeão da América. Mas, caminha a passos largos para conquistar um torneio de grande porte depois de muitos anos. Cuca é outro que busca um título importante na carreira. Ronaldinho quer uma vaga na Copa de 2014. A torcida está enlouquecida. Tudo conspira a favor. Além disso, o time joga bonito e com alegria. É extremamente ofensivo. Dá show. O último time que apresentou um futebol deste tipo foi o Santos de Neymar, Robinho e Ganso em 2010. Entretanto, o Galo é mais equilibrado. Consegue defender e atacar com qualidade.

Já são 32 jogos de invencibilidade jogando no Independência. O “caldeirão” é outro ponto a favor dos mineiros. Se os favoritos forem avançando, poderemos ter Atlético Mineiro x Corinthians em uma das semifinais. Dois grandes times, que jogam completamente diferentes. Seria um belo confronto. Entretanto, o futebol sempre prega peças e nem sempre dá à lógica. Já vimos grandes times não ganharem nada. Vamos guardar os próximos capítulos da competição continental. Agora, que a Libertadores 2013 tá com um cheiro de pão de queijo, isso tá.

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio