in

Bruna Marquezine, a “Criptonita” de Neymar?

Ela
tem 17 anos, é atriz da Globo e atende pelo nome de Bruna Marquezine. Não, você
não está lendo uma matéria da revista Contigo. O assunto é sobre futebol.
Coincidência ou não, desde o momento que Neymar assumiu o namoro com a menina,
o jogador vem acumulando atuações fraquíssimas dentro de campo. Acostumado a
marcar belos gols e driblar os adversários, a estrela da Vila Belmiro anda bem
apagada.
O
curioso é que Neymar não é 1º jogador “amaldiçoado” depois de iniciar
um romance com uma atriz Global. Quem não se lembra da má fase e das inúmeras
lesões de Alexandre Pato após o casamento com Sthefany Brito? O relacionamento
terminou de forma traumática e conturbada. Pato foi obrigado a pagar uma
“generosa” pensão para a ex.  
Elano
foi outro que parou no banco do Santos e foi esquecido da Seleção durante o
caso com a também atriz Nivea Stelmann. Esse, então, foi o relacionamento que
teve o pior desfecho. Os dois trocam farpas pelas redes sociais e até uma ação
judicial foi movida pelo jogador. Elano teria inclusive aconselhado Neymar a
não namorar atrizes da Globo.
Mas,
como toda regra tem a sua exceção, o goleiro Júlio César viveu a melhor fase na
carreira junto da mulher Susana Werner, também ex-atriz da emissora. Susana abdicou
da profissão para acompanhar o marido e cuidar dos filhos. Júlio tornou-se o
melhor goleiro do mundo por vários anos.
Esperamos
que a má fase de Neymar dure poucos capítulos e não vire uma novela (não pude
resistir ao trocadilho). Afinal, estamos às vésperas de uma Copa do Mundo e o
jogador é a nossa grande esperança. O “Super Homem” da Seleção Brasileira pode
ter encontrado a sua criptonita. E, olhando a foto abaixo, eu me pergunto: isso
é uma coisa ruim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você achou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

“Quarteto Fantástico”? Atlético Mineiro aposta no ataque para ganhar títulos

Lionel Messi, o Papa recordes do Barcelona