terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O fiasco da Seleção Brasileira Sub-20!

"Teria sido melhor ir ver o filme do Pelé". É o que diria o personagem Chaves, do genial Roberto Gomez Bolaños, ao assistir os jogos da Seleção Brasileira Sub 20 no Sul-Americano deste ano. Acostumado a gerar grande expectativa no mundo da bola, o time brasileiro fez um verdadeiro fiasco na Argentina.

Com a proeza de terminar em 4º lugar em um grupo com 5 times, a equipe do técnico Emerson Ávila foi desclassifica prematuramente. Formada por jogadores pouco conhecidos e que ainda nem estão afirmados em seus clubes, a Seleção mostrou quase nada. A começar pelos medianos Adryan e Mattheus (filho de Bebeto), ambos do Flamengo e o apagado Felipe Anderson, do Santos. Rafael Alcântara, que pertence ao Barcelona, e Fred, do Internacional, foram os que se salvaram. Vale lembrar que a equipe anterior havia sido fantástica. Oscar, Lucas e Neymar faziam parte do time que encantou em 2010. Neste ano, quem parou para assistir o time verde-amarelo caiu na "Pegadinha do Malandro".
A fantástica Seleção de 2010, com Oscar, Lucas e Neymar
E o pior ainda estava por vir. Denúncias de corpo mole e desinteresse por parte de alguns jogadores foram destacados pela comissão técnica. Além disso, um esquema envolvendo empresários e procuradores que "solicitavam" convocações e escalações de seus atletas foi vazado (extra-oficialmente, é claro). As denúncias são graves e precisam ser apuradas.

Após sucatear o projeto de Base da Seleção, que era comandado por Ney Franco (atual técnico do São Paulo), a CBF já sofreu na pele o primeiro golpe. Sempre existe a discussão se a categoria de base é feita para formar jogadores ou ganhar títulos. Desta vez, parece que não temos nem uma coisa nem outra. O Sub 20 brasileiro de 2013 vai ficar marcado como a "Geração Perdida", assim como o tempo de quem parou para assistir os jogos. "Teria sido melhor ir ver o filme do Pelé." Definitivamente. 


0 comentários:

Postar um comentário