quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

A incrível história do Cabrito Fake do Grêmio

A história que você vai ler agora, por mais que pareça absurda, É REAL. Esta semana, alguns usuários do Twitter (que por sinal foram muito criativos) postaram que o Grêmio estava contratando o lateral esquerdo argentino Enrico Cabrito. A notícia foi “retuitada” algumas vezes, até parar nos olhos ou ouvidos de alguns jornalistas desinformados e inconsequentes. A verdade é que a notícia era falsa, tanto quanto a invenção do tal “Enrico Cabrito”. Até mesmo uma camiseta do Grêmio com o nome do suposto jogador foi divulgada.
O fato é que jornalistas renomados, como Farid Germano Filho, publicaram a notícia em seus twitters e até mesmo o narrador Paulo Brito, da RBS, divulgou o fato no Jornal do Almoço.
O Clic RBS foi outro veículo que caiu no “conto do vigário”.Resultado: a piada virou febre nas redes sociais e os jornalistas motivo de chacota.

Esse é o resultado da desinformação e irresponsabilidade em não checar os fatos, além do desespero de querer “dar o furo de reportagem” antes dos outros comunicadores. A verdade é que a internet e as redes sociais aceleraram a velocidade com que as informações chegam a nós, gerando a banalização da notícia e emprobrecendo as informações. E agora, qual a credibilidade que estes jornalistas terão ao informar algo? Nem fiz menção às notícias plantadas por boa parte da imprensa. Só este ano o Grêmio estava acertado com Drogba, Giuliano, Nilmar, Lugano... dentre outros. Desconfie das informações, principalmente vindo de alguns veículos ou jornalistas. Avalie as evidências e questione!
Resumindo a "estória" do Cabrito, parte da imprensa tentou passar um baita “cachorro” aos leitores, telespectadores e ouvintes. Resultado: tiveram que engolir um sapo gigantesco. Que sirva de lição aos envolvidos!

0 comentários:

Postar um comentário