874

   

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A "maldição" de Fernando Torres!

Corinthians e Chelsea são favoritos para disputar a final do Campeonato Mundial de Clubes da Fifa. Caso isso aconteça, o timão terá pela frente o espanhol Fernando Torres. "El Niño", como é conhecido, sofre uma maldição desde que chegou ao Chelsea. O artilheiro iniciou a carreira de forma espetacular, no Atlético de Madri. Goleador nato, transformou-se, na época, no principal jogador espanhol. A trajetória meteórica o levou para o Liverpool, onde fez ainda mais sucesso. Foi o autor do gol do título da Espanha na Eurocopa de 2008. As suas atuações foram premiadas com a venda para o milionário Chelsea, pela estratosférica quantia de 58 milhões de euros. Foi aí que começou o seu calvário.

A fanática torcida do Liverpool não aceitou a transferência do seu grande ídolo para um dos seus  maiores rivais (na época os dois clubes protagonizaram jogos memoráveis pela Champions League). Desde então, parece que Torres foi "amaldiçoado". Dois anos após a sua contratação, o centroavante amarga gols perdidos, atuações fraquíssimas, vaias, e constantes períodos na reserva, no clube e na seleção. Torres demorou 13 jogos para marcar o seu 1º gol pelo Chelsea. Foi motivo de piada. Era a chacota da Premier League. No título europeu ganho pelos Blues, o atacante foi um mero coadjuvante.

Nem mesmo com a saída de Drogba, para o futebol chinês, "El Niño" foi prestigiado. Continuava no banco de reservas. Somente agora a sua situação no clube parece dar os primeiros sinais de melhora. A demissão do técnico e desafeto, Di Matteo, e a contratação do espanhol Rafa Benitez, seu antigo treinador e admirador confesso, foi um alento para o jogador. Finalmente o espanhol passou a ser titular absoluto e já começou a marcar gols com mais frequência. Antes de viajar para o mundial, Torres marcou duas vezes pelo campeonato Inglês, na vitória contra o Sunderland.

E agora, qual Fernando Torres chegará ao mundial? O goleador implacável ou o "perna de pau"? Certamente a torcida corintiana torce para que a "maldição" do craque continue. Seria menos um perigo para enfrentar.

0 comentários:

Postar um comentário

Anúncio