quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Felipão 2: A Missão

É, deu a lógica. Como havia falado ontem, Felipão era o favorito para comandar o Brasil na próxima Copa do Mundo. Só falta um anúncio oficial por parte da CBF, mas, será mesmo o "gringo" que terá a árdua missão. E, realmente parece filme. A história de 8 anos atrás se repete. Faltando menos de 2 anos para a Copa, a Seleção Brasileira muda o treinador. Scolari tem outra vez um time desacreditado, que não está entre os principais favoritos na competição. Exatamente como gosta Felipão.

E os adversários podem se preparar para um clima de guerra.  Vem aí um time "pegador", de marcação dura e que sairá nos contra-ataques. Também já devemos esperar na seleção um jogador especialista nas cobranças de faltas e um centroavante de ofício. Parece clichê. Mas foi assim que Felipão fez sua fama e se tornou um técnico multicampeão. É verdade que o comandante estava na campanha que rebaixou o Palmeiras. Entretanto, vale ressaltar que o time era muito ruim. Sem falar na heroica conquista da Copa do Brasil de 2012. Quase um milagre para esse time cheio de limitações.

O nome de Carlos alberto Parreira para ser o diretor técnico me parece estranho. O comandante do tetra está afastado do futebol há algum tempo e não possui bons trabalhos recentes. É realmente uma aposta no passado e na superstição. Algo que o futebol preza e cultua muito...

0 comentários:

Postar um comentário