terça-feira, 27 de novembro de 2012

Felipão ou Guardiola é 8 ou 80!


Após a inesperada queda do técnico Mano Menezes, surge o impasse: quem será o treinador que terá a responsabilidade de comandar o Brasil na próxima Copa do Mundo? Buscando, em casa, o sexto título mundial, a pressão será enorme. Os nomes de Felipão e Guardiola surgem como os mais cotados. O estranho é que os dois técnicos possuem linhas completamente diferentes. Felipão é um grande motivador. Gosta de times com uma defesa sólida e forte marcação. Já Guardiola implantou no Barcelona um estilo de jogo ofensivo. Prioriza a posse de bola e os jogadores mais técnicos e leves. E, quais seriam as vantagens e desvantagens de ambos?

Felipão:

Vantagens: Excelente motivador, especialista em mata-matas, agregaria mais solidez a defesa, experiência de já ter sido campeão do mundo.

Desvantagens: O seu último trabalho como treinador contribuiu para o rebaixamento do Palmeiras, não venceu muitos títulos nos últimos anos.

Guardiola:

Vantagens: Treinador de melhor currículo nos últimos anos, aproveitaria os jogadores técnicos que o Brasil possui (Neymar, Lucas e Ganso...), conhece bem o futebol europeu.

Desvantagens: A língua, conhecimento dos jogadores brasileiros (principalmente aqueles que atuam no Brasil, pouco tempo para implementar o trabalho, falta de experiência como técnico de seleção.

Sinceramente, não acredito que Guardiola seja o nome escolhido. Tudo indica que o "gringo" terá novamente a missão de comandar o Brasil na Copa. Curiosamente, Felipão assumiria o comando em situação muito semelhante a de 2002, onde foi o comandante do pentacampeonato. Coincidência? Esperamos que sim.

0 comentários:

Postar um comentário